O IGESP possui tradição e pioneirismo no diagnóstico e tratamento clínico ou cirúrgico das doenças do aparelho digestivo envolvendo doenças como obesidade, doenças inflamatórias, proctologicas, distúrbios de nutrição e do metabolismo, dedicando grande atenção para a interação entre problemas psicológicos e psiquiátricos com o aparelho digestivo.

O hospital conta com uma equipe de cirurgiões altamente capacitada para os mais diversos procedimentos, dispondo de uma excelente infraestrutura e recursos tecnológicos avançados para a realização de cirurgias, das mais simples às mais complexas.

Serviço de Gastroenterologia e Cirurgia Geral

Médicos Responsáveis: Dr. Altino Pinheiro (CRM: 24952), Dr. Hésio Vicente Juliano (CRM: 89804), Dr. José Afonso Salete (CRM: 63985) e

Dr. Renato de Godoy (CRM: 77265).

Saiba mais

A videolaparoscopia é uma técnica de acesso a cavidade abdominal através de mini-incisões por onde são introduzidas microcâmeras através de um fino tubo de fibras óticas, que permitem que a cavidade abdominal seja visualizada por um monitor de vídeo.
O método utilizado nas cirurgias videolaparoscópicas oferece algumas vantagens significativas sobre o método convencional, entre elas, a redução no tempo de cirurgia e de internação, redução também na incidência e na intensidade da dor no pós-operatório e menor trauma cirúrgico. Além disso, segundo dados evidenciados em estudos, os procedimentos realizados por meio de vídeo laparoscopia apresentaram de forma geral, menor risco de infecção do sítio cirúrgico (ISC) e menor tempo de cirurgia quando comparados à técnica convencional, além de reduzirem possíveis complicações.

Informações 11 3147-6300

Conhecida também como cirurgia da obesidade e cirurgia de redução do estômago. Ela só é indicada, sempre sob uma criteriosa avaliação médica e multiprofissional, quando a obesidade atinge um nível crítico e os tratamentos convencionais e as atividades físicas não causam efeito.

Porém é importante destacar que a cirurgia bariátrica não tem fins estéticos, ela é uma cirurgia bastante complexa que vai alterar os hábitos e a qualidade de vida do paciente com o objetivo de fazê-lo conquistar uma vida mais saudável. Os métodos para o tratamento cirúrgico contra a obesidade são bem radicais e devem ser feitos em condições extremas, ou seja, quando o paciente não consegue mais reduzir seu peso sozinho e corre risco de morte devido à obesidade.

Importante entender corretamente quais as mudanças que ocorrerão no organismo, bem como a importância dos cuidados pós cirúrgicos inclusive com apoio psicológico antes e depois do procedimento para auxiliar na adaptação a um novo estilo de vida.

Informações 11 3147-6300